Lugar de mulher é também em obras e reformas - De Angeli Projetos

A De Angeli Projetos, Reformas e Construções atua desde 2010 no mercado de obras civis e reformas.

No início de suas atividades, o principal atendimento era o de residências com foco no público feminino: mulheres que necessitavam de uma empreiteira, mas que não podiam estar presentes durante os serviços por terem atividades profissionais em tempo integral fora de suas casas, mesmo com arquitetas ou engenheiras contratadas. A dificuldade era encontrar equipes femininas de execução.

Nesse período percebemos uma oportunidade de mercado em franca expansão de crescimento e apostamos nela. Deu muito certo! Começamos a executar obras e reformas para clientes financeiramente independentes, assertivas em seus objetivos, mas que necessitavam de uma equipe de gestores e profissionais de confiança para cuidar, primeiramente, de sua casa e família e depois do processo em si de borás: desde o controle financeiro até o cumprimento de cronograma e entrega final dos ambientes em uso e funcionamento.

Em 2013, com advento da Copa do Mundo de Futebol, muitas mulheres passaram a investir em cursos de qualificação em funções de ajudante, pedreira, pintora, encanadora, gesseira, carpinteira, assentadora de revestimento e acabamentos entre outros.

Com o uso, cada vez mais comum, de EPI’s, ferramentas e tecnologia, o esforço físico vem sido substituído pela competência técnica. Algumas barreiras, como banheiros e vestiários femininos já não são mais tabus para muitas empresas que contratam e efetivam mulheres em igualdade de tarefas e entregas de resultados com os demais colegas masculinos.

O mercado passa por constantes mudanças. Muitas clientes, após sofrerem algum tipo de assédio por parte de prestadores de serviços, começaram a contratar empresas ou profissionais femininas para o atendimento de obras e reformas, principalmente, residenciais. Com isso em 2016 para cá é muito mais fácil encontrar equipes formadas exclusivamente por mulheres em obras e reformas.

Já é comprovado que mulheres investem mais tempo e dedicação em educação. Portanto, para todas aquelas que querem ingressar ou se qualificar no setor da construção civil, é possível buscar cursos profissionalizantes pelo Senai – Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial ou até mesmo diretamente em entidades assistenciais como Ongs (Organizações Não-Governamentais). Na internet é possível encontrar cursos, empresas e entidades de ensino.

Compartilhe

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhe no Linkedin
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhar no WhatsApp
Atendimento - Online
Enviar